Ano C - Evangelho de Lucas (Parte 3)

        A MENSAGEM DE LUCAS - GRANDES TEMAS

 

                - A salvação é para todos

A salvação vem através de jesus Cristo: " Nasceu-vos hoje um Salvador, que é o Cristo-Senhor" (2,11). Simeão viu a salvação, quando viu o menino Jesus."Meus olhos viram a tua salvação" (2,30). A salvação que entra na casa de Zaqueu identifica-se com a pessoa de Jesus:"Hoje a salvação entrou nesta casa" (19,9). A vinda do Messias traz a salvação e o perdão dos pecados: "E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, pois irás à frente do Senhor, para preparar-lhe os caminhos, para transmitir a seu povo o conhecimento da salvação, pela remissão de seus pecados" (1,76-77). Cristo veio para salvar os pecadores. Eles são indicados como os que estavam perdidos e que Jesus veio procurar e salvar: "O Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido" (19,10).

São apenas algumas citações do evangelho de Lucas, mas indicativas para a dimensão universal da salvação. Esse aspecto da universalidade da salvação, que aparece em todo o evangelho, ressoa em primeiro lugar na narrativa da infância. No nascimento de Jesus, não são convidados apenas os israelitas a se alegrarem: "Paz na terra aos homens que ele ama" (2,14), cantam os anjos; o próprio Jesus, o  Filho de Deus, é "luz para iluminar as nações" (2,32), não só os judeus, portanto, mas todos os povos. Apoiando essa visão, Lucas faz retroceder sua genealogia até Adão, pai de oda a humanidade (3,23), enquanto a genealogia de Mateus retrocede só até Abraão.

Em suas atitudes, Jesus frequentemente demonstra seu amor universal. Para ele ninguém é estrangeiro, ninguém é desprezado, nada é insignificante. Ele apresenta os samaritanos como modelos de caridade (10,25-37) e de gratidão (17,11-19), e os gentios como modelos de fé pronta e disponível (7,9).

A última tarefa confiada por Jesus a seus discípulos é que "fosse proclamada a conversão para a remissão dos pecados a todas as nações, a começar por Jerusalém" (24,47)