A maneira de anunciar a Misericórdia e vivê-la

Fonte: Canção Nova

 

Como viver e anunciar a misericórdia?

“Ao saírem, encontraram um homem de Cirine, de nome Simão. E o requisitaram para que carregasse a cruz de Jesus” (Mt 27,32).

 

Esses dias, estava meditando sobre a quinta estação da Via-sacra: “Jesus tem a ajuda do cirineu para levar a cruz”. Partilho com você o fruto dessa meditação.

Assim dizia a Beata Madre Teresa de Calcutá: “menos palavras. O lugar onde se prega um sermão não é ainda um ponto de encontro”. “Esforçamo-nos por viver duma maneira concreta o amor de Cristo em cada uma das ações do nosso dia. Se alguma pregação fazemos, consiste em fatos e não em palavras”.

Ao lado de Jesus havia um grupo de pessoas que O acompanhavam, mas ninguém O ajudava a levar a cruz, embora observassem seu cansaço e sofrimento. Mesmo o cirineu. Ele estava passando por ali e foi requisitado para levar a cruz de Jesus. O homem praticamente não fala, é de poucas palavras, mas muita ação. Sabemos que hoje, dificilmente, as pessoas acreditam nas palavras, e se acreditam, é porque veem as ações. As pessoas acreditam mais nas testemunhas do que nas palavras.

A maneira certa de anunciar a Misericórdia é viver o que está escrito na Palavra de Deus: “”Filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas com ações e em verdade”” (1Jo 3,18).

Jesus Misericordioso, sabendo da minha e da sua dificuldade, disse a Santa Faustina, no Diário 742, que Ele nos ensinava três formas de anunciar a Misericórdia: a primeira é a ação; a segunda é a palavra; e a terceira é a oração.

Como você está vivendo a Misericórdia? Você tem se disposto a amar ou se encontra ainda nas palavras?

Rezo por você.
Padre Antônio Aguiar